Imobiliária Cardinali marca presença no 84º Encontro da ABMI, no Rio de Janeiro

Representada por Italinho Cardinali, a imobiliária Cardinali participou do 84º Encontro da Associação Brasileira do Mercado Imobiliário, realizado com pleno sucesso de público e conteúdo, de 22 a 24 de março, no Hilton Copacabana, no Rio de Janeiro, tendo como empresa-anfitriã a APSA, associada da ABMI na capital fluminense.

Italinho Cardinali posa ao lado de representantes da ABMI

Para Italinho, o evento é sempre uma fonte de inspiração e troca de experiências entre os associados, onde sempre consegue extrair um pouco do sucesso das ações realizadas pelas parceiras e “emprestar” nossos conhecimentos e cases de sucessos. “Entre os participantes e associados há uma prerrogativa essencial que é a abertura das informações que traz um panorama nacional do mercado imobiliário já que temos praticamente uma associada em cada cidade do nosso país.

Os temas abordados foram de panorama do mercado imobiliário em termos de lançamentos e novidades para o investidor, empreendedorismo, associativismo, ampliação da relação do segmento de imóveis com o setor financeiro, tokenização de ativos imobiliários, discussão sobre questões jurídicas, questões que envolvem o dia a dia das empresas associadas, como vistoria, distrato, manutenção preventiva na área de locação, design de relacionamento e comunicação não-violenta, além de outros assuntos que surgiram meio aos debates.

“Acredito que num evento com porte que a ABMI vem promovendo ultimamente, a grande avaliação é feita pelos participantes. E o que nós vimos foi uma satisfação muito grande das pessoas das quais a nossa empresa foi anfitriã, com elogios o tempo todo. Isso se reflete no clima do próprio evento”, avaliou o arquiteto Márcio Schneider, presidente do Conselho de Administração do Grupo APSA, destacando sinais evidentes do sucesso do 84º Encontro. “Vimos os participantes muito à vontade, com muita energia, muita satisfação de estar no evento, com plenárias cheias o tempo todo, e as pessoas mal saindo para ir ao toalete. Corredores cheios e as pessoas comentando os assuntos debatidos nas palestras e painéis.”

Para o presidente da ABMI, Ricardo Abreu, além do conteúdo e da sinergia, o 84º Encontro foi marcado acima de tudo pela emoção. “O evento teve momentos de muito aprendizado, muito conteúdo, muito também de integração entre empresas, muito de sinergia entre empresas, muito de benchmarking. Mas eu acho que a palavra que definiu mais a tônica do evento foi a emoção. A emoção das palestras, dos amigos e desse carinho todo que é a ABMI.”

Na quarta (22), de manhã e na parte da tarde, o dia foi reservado para a intensa visitação de associados e colaboradores à sede da empresa-anfitriã, a APSA.

Com origem na Auxiliadora Predial, representante da Associação Brasileira do Mercado Imobiliário em Porto Alegre (RS), a APSA tem uma história de pioneirismo que remonta ao ano de 1927, quando o imigrante alemão Carlos Henrique Schneider, pai de Ronald Schneider, ex-presidente da ABMI e recém-empossado presidente do Conselho, chegou ao Brasil em busca de uma vida melhor daquela que levava em seu país, que ainda sofria os efeitos da 1ª Guerra Mundial.

Conteúdo de alto nível

Na quinta (23), pela manhã, teve início a parte de conteúdo do 84º Encontro, com as saudações do presidente da ABMI, Ricardo Abreu, e de Márcio Schneider, falando em nome da empresa-anfitriã, a APSA. Na oportunidade, Ricardo, anunciou que, por decisão da diretoria, passava a presidência da ABMI temporariamente a Márcio, por conta de em seu mandato como presidente ter coincidido pela pandemia e ele não poder ter realizado encontros presenciais.

A primeira palestra do dia veio com a head de Tecnologia e Dados na Agência Cupola, Alice Santos, que trouxe à plateia, formada por 150 pessoas, informações valiosas sobre a importância dos dados na tomada de decisão das empresas.

Palestras aconteceram ao longo do evento, sobre os mais diversos assuntos relativos à área imobiliária

Sua apresentação teve participação de Rafael Aquino, head de Tecnologia e Dados na Agência Cupola, que complementou informações sobre o Programa de Inteligência Cooperada (PIC), projeto que vem sendo implementado na ABMI.

Na sequência, Jaqueline Trinta, sócia-fundadora da TRIM Desenvolvedora de Negócios, desmistificou conceitos financeiros e tratou de novidades que estão surgindo, como a tokenização de ativos imobiliários.

A parte da tarde do primeiro dia de conteúdo, começou com Claudio Hermolin, atual presidente do Sinduscon-RJ, que traçou um panorama em termos numéricos do mercado imobiliário nacional, destacando entre outros aspectos, as novidades na área de lançamentos voltadas para os investidores.

Análise e tendências de mercado foram os temas da palestra de Fred Alecrim, empreendedor e escritor. Estudioso de empreendedorismo e gestão de negócios, encantou a plateia mostrando o que há pelo mundo em termos de inovações.

Jorge Felizola (Cohab Premium, Aracaju-SE), vice-presidente Administrativo e de Expansão da ABMI, falou, ao final do evento, sobre o processo qualitativo que norteia a adesão de novos associados.

Como última atração do dia, aconteceu a apresentação de novas empresas associadas à ABMI, realizado por seus representantes. São elas: Arbix Imóveis, de Americana (SP), Lokatell Imoveis, de Cascavel (PR), Perez Imóveis, de Campo Grande (MS) e Vivenda Imóveis, de Itaúna (MG).

Com essas e outras empresas que se associaram a partir de 2021, a ABMI tem atualmente 59 associadas, representando o que há de melhor em termos de imobiliárias no Brasil.

O segundo dia do 84º Encontro começou com a apresentação do recém-empossado presidente do Conselho da ABMI, Ronald Schneider, da APSA, associada-anfitriã do evento, e um dos pioneiros da entidade.

Ao palco foram chamados ex-presidentes que integram o Conselho, entre os quais alguns pioneiros da entidade, como Jean Michel Galiano, da Apolar Imóveis, de Curitiba (PR) e Roberto Borghette, da Toca Imóveis, de Marília (SP), que estão entre os fundadores da ABMI, em 1998.

Advogada e empresária, Denise Vieira, que é sócia-consultora da Agência Cupola e atua há cerca de 20 anos no mercado imobiliário, foi a primeira palestrante do dia. Ela abordou questões relevantes para a operação imobiliária, como vistoria, distrato e manutenção preventiva. Tudo isso com um conjunto de dicas sobre comunicação não-violenta (CNV).

Na sequência, um painel discutiu sucessão empresarial, reunindo cinco cases de associadas.

Sucessão empresarial emocionou

Marcado pelo relato de experiências relevantes de sucessão familiar e muita emoção, o painel, coordenado por Adriana Magalhães, diretora de Eventos da ABMI, e Pablo Fabián, diretor-executiva, reunião Caroline Abreu (Abreu Imóveis, Natal-RN), Fernando Schneider (APSA, Rio de Janeiro-RJ), Guilherme Cury (Concreto Imóveis, Bauru-SP), Rodrigo Manteuffel Alves da Silva (Anagê Imóveis, Joinville-SC) e Thiago Formolo Dala Vecchia (Prolar, Caxias do Sul-RS).

A palestra final da manhã foi de Pablo Fabián, diretor-executivo da ABMI. Professor de Comunicação Social da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Pablo falou de forma envolvente e bem-humorada sobre “Design de Relacionamento: Comunicação como Ferramenta Fundamental para Relacionamento”, trazendo reflexões sobre os cuidados básicos na hora de se comunicar.

Na parte da tarde do segundo dia de conteúdo, o presidente Ricardo Abreu chamou ao palco dois colaboradores de associadas – Flavia, da Frias Neto Consultoria de Imóveis, de Piracicaba (SP), e Fabrício, da Fuhro Souto Imóveis, de Pelotas (RS) – para um bate-bola rápido sobre locação.

Na sequência, um painel jurídico discutiu as novidades na legislação e questões legais que afetam o dia a dia das imobiliárias. Coordenado por Daniel Claudino, o painel jurídico reuniu Daniel Fuhro Souto, advogado, empresário e diretor-jurídico da ABMI, e Rubens Carmo Elias Filho, mestre e doutor em Direito Civil pela PUC/SP.

Na última palestra do dia, Pedro Fernandes, sócio e CEO do Grupo Beiramar, representante da ABMI em Brasília (DF), mostrou exemplos de desenvolvimento imobiliário que já está resultando em cases de vendas e mudando o skyline de Brasília. Pedro já foi presidente da ABMI e hoje é integrante do Conselho.

O evento foi encerrado com os representantes da Céu-Lar Netimóveis, associada da ABMI em Belo Horizonte (MG), convidando para o próximo encontro presencial, que deverá acontecer naquela cidade, de 16 a 18 de agosto deste ano.

Sobre a Imobiliária Cardinali – Fundada em 1974, a imobiliária Cardinali busca sempre oferecer o que há de melhor no mercado imobiliário, com produtos e serviços de alta qualidade, por meio de uma gestão voltada à valorização dos colaboradores, geração de retorno financeiro aos empreendedores e a plena satisfação do cliente.

Sobre a ABMI – Com 25 anos de existência, a Associação Brasileira do Mercado Imobiliário tem uma história marcada pela inovação e pela modernidade. Com presença em todas as regiões do país, reúne atualmente 59 empresas, selecionadas pela qualidade de seus processos e boas práticas, por seus posicionamentos nos mercados em que atuam, pela diversidade de seus produtos e pelas políticas de inovação. Como uma associação “fora da curva”, a ABMI já nasceu digital e moderna. Assim, embora esteja presente em todas as regiões do país, não possui uma sede.

 10,989 total views,  2 views today

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.